Especialistas na criação de índices para ETFs e ESG Data brasileiro usando ciência financeira e tecnologia.

Teva Indices e BTG lançam o primeiro ETF brasileiro de Commodities

O CMDB11 replica o desempenho do Índice Teva Ações Commodities Brasil, que acompanha a performance das empresas brasileiras produtoras e exportadoras de commodities.

Quem Somos

A Teva Indices é pioneira em prover índices para o mercado de ETFs brasileiro.

Nascemos em 2019 com o objetivo de criar as bases para uma nova revolução no mercado de investimentos.

Com tecnologia própria e ciência financeira, oferecemos a plataforma mais completa e confiável para investimentos indexados.

São modelos matemáticos e estatísticos unidos a uma apurada análise de investimentos que nos levam a criar os índices mais replicáveis e adequados ao mercado.

Ao indexar de forma efetiva grande parte do universo de ativos do mercado criamos as bases para aproveitar as vantagens da gestão passiva na construção de portfólios.

Estamos sempre de olho na evolução, por isso também nos tornamos a primeira empresa a medir de forma quantitativa e sistemática fatores ESG no Brasil.

Afinal, já está mais do que na hora de alinhar valores e propósitos às decisões de investimento.

Aliando ciência financeira e tecnologia, a Teva cria as bases para o que há de mais avançado e alinhado com o investidor no mercado financeiro.

Mais de 100 índices

Calculados diariamente.

2 ETFs lançados

Conheça o TRIG11 e o TECB11.

Cobertura total na bolsa

Todas as empresas listadas passam por nossos critérios de elegibilidade.

Multi Assets

Índices de Renda Fixa, Debêntures, Ações, FIIs, Smart Betas e outros.

Maior base quant ESG

150 mil cargos analisados com análise de gêneros e IA para leitura de DFs.

Governança

Melhores padrões internacionais de cálculo e manutenção de índices e adoção dos princípios de administração de benchmarks financeiros da IOSCO.

Teva Indices cria índice para primeiro ETF de tecnologia da bolsa brasileira

O Índice de Ações Tech Brasil seleciona todas as empresas brasileiras de tecnologia e tem seu desempenho replicado pelo TECB11, fundo que acaba de ser lançado pela Magnetis.

Teva Indices e Trígono Capital lançam ETF de micro e small caps

O TRIG11, gerido pela Trígono Capital, replica o desempenho do Índice Teva Ações Micro Caps, que acompanha o retorno das empresas de menor porte da bolsa.

Índices para ETFs

Ciência de dados e tecnologia aplicadas na seleção de ativos para gerar estratégias de investimento confiáveis, focadas no mercado brasileiro e replicáveis por veículos de investimento.

Rankings de Diversidade de Gênero

Veja as top 15 empresas com o maior percentual de mulheres nos conselhos administrativos e o nosso score ESG Mulheres na Liderança.

Pioneirismo em ESG Data Brasileiro

Somos a primeira e única empresa a medir fatores ESG no Brasil de maneira sistemática e automatizada.

Nosso time de cientistas de dados e especialistas financeiros traz a mais abrangente e atualizada pesquisa de diversidade de gênero.

Teva na Mídia

30/11/2021

Primeiro ETF de empresas brasileiras de commodities é lançado por BTG e Teva Indices

Fundo de índice inédito no Brasil reúne responsáveis por 97% das exportações de commodities do país.

Ir para a notícia
30/11/2021

Papéis relacionados a commodities são foco de novo ETF do BTG

O BTG Pactual lançou em parceria com a Teva Indices um ETF focado em ações de empresas brasileiras ligadas a commodities.

Ir para a notícia
25/11/2021

Fundos imobiliários de Papel podem ser a opção

Os fundos imobiliários de papel foram os únicos do segmento que tiveram desempenho positivo no acumulado do ano, segundo Teva Indices.

Ir para a notícia
22/11/2021

Setor de tecnologia caminha para ganhar mais espaço no Ibovespa

Apostando na tendência, a Teva Indices lançou o pioneiro Índice de Ações Tech Brasil, que originou o ETF TECB11.

Ir para a notícia
18/11/2021

Energia elétrica: transmissoras são as mais resistentes a crises

De acordo com levantamento da Teva Indices, as transmissoras de energia tiveram melhor performance neste ano.

Ir para a notícia
17/11/2021

TECB11: el nuevo fondo para invertir en las principales empresas tecnológicas de Brasil

Hay un gap tecnológico en la representación de las empresas en Brasil versus los índices de afuera, dice Gabriel Verea, de Teva Indices.

Ir para a notícia
12/11/2021

TRIG11: conheça o novo ETF de micro e small caps

O ETF Trígono Teva Ações Micro Cap/Small Caps Fundo de Índice tem como benchmark o índice Teva Ações Micro Caps.

Ir para a notícia
03/11/2021

Varejo: vale a pena investir com o aumento dos juros e da inflação?

Segundo relatório da Teva Indices, ações do comércio sofreram uma queda de 32,2% em 2021 e setor de construção civil amarga recuo de 46,5%.

Ir para a notícia
01/10/2021

Magalu é listada entre empresas com mais mulheres no conselho administrativo

Levantamento conduzido pela Teva Indices aponta quais são as empresas com maior presença de mulheres no conselho.

Ir para a notícia
29/09/2021

Enjoei lidera ranking de empresas na B3 com mais mulheres no conselho

De acordo com o estudo da Teva Indices, Enjoei lidera o ranking com 60% do conselho formado por mulheres.

Ir para a notícia
29/09/2021

Enjoei lidera ranking de representatividade feminina em conselhos

Ranking da Teva Indices e do Nu Invest coloca Enjoei, BMG e Marisa no topo da lista das empresas com mais mulheres no conselho.

Ir para a notícia
29/09/2021

Nu invest e Teva Indices anunciam ranking de representatividade feminina no conselho das empresas

Segundo levantamento da Teva Indices, Enjoei lidera com 60% do conselho formado por mulheres.

Ir para a notícia
29/09/2021

Ranking mostra quais empresas listadas na Bolsa têm maior representatividade feminina

Estudo conduzido pela Teva Indices aponta quais são as companhias com maior presença de mulheres no conselho.

Ir para a notícia
29/09/2021

Teva Indices lança ranking de representatividade feminina no conselho de empresas listadas na Bolsa

Segundo estudo divulgado pela Teva Indices em parceria com o Nu Invest, Enjoei lidera o ranking, com 60% do conselho formado por mulheres.

Ir para a notícia
29/09/2021

Veja o ranking das empresas listadas na B3 que têm mais mulheres nos conselhos

Teva Indices e Nu Invest publicam levantamento de empresas listadas na B3 com mais mulheres em seus conselhos de administração.

Ir para a notícia
24/09/2021

Mulheres no poder: 10 empresas com maior participação na Bolsa

Ampliação da presença feminina em conselhos garantiu destaque a dez empresas de capital aberto na B3, segundo levantamento da Teva Indices.

Ir para a notícia
23/09/2021

As 10 empresas da Bolsa que têm mais mulheres na liderança

Magalu, Santander e TIM estão entre as companhias com maior número de mulheres no conselho de administração.

Ir para a notícia
22/09/2021

Magalu, Santander: 10 empresas da bolsa com mais mulheres nos conselhos

O levantamento, obtido em primeira mão pelo CNN Brasil Business, foi feito pela Teva Indices em parceria com a corretora Easynvest.

Ir para a notícia
21/09/2021

Fundos imobiliários têm recuperação lenta e desigual, mas setor de papel se destaca

Levantamento feito pela Teva Índices mostra que os fundos de papel têm mostrado maior resiliência.

Ir para a notícia
20/09/2021

TECB11: novo ETF de techs brasileiras estreia na B3 em outubro

O TECB11 vai replicar o Índice de Ações Tech Brasil, criado pela Teva Índices.

Ir para a notícia
16/09/2021

FIIs: Fundos de papel lideraram dividendos e foram os únicos a subirem no 1º semestre

Levantamento da Teva Indices mostra os fundos de papel com uma valorização de quase 4% no primeiro semestre de 2021.

Ir para a notícia
15/09/2021

Teva Indices: Ações do setor de saúde foram as que menos sofreram em agosto

Entre os setores que apresentaram queda no mês de agosto, o menos prejudicado foi o de saúde, aponta a Teva Indices.

Ir para a notícia
10/09/2021

Setor de energia da Bolsa cresce 2,07% em agosto

O Ibovespa terminou agosto em queda de 2,48%, penalizando especialmente os papéis ligados à economia real, segundo estudo da Teva Indices.

Ir para a notícia