Especialistas na criação de índices para ETFs e ESG Data brasileiro usando ciência financeira e tecnologia.

Quem Somos

A Teva Indices é pioneira em prover índices para o mercado de ETFs brasileiro.

Nascemos em 2019 com o objetivo de criar as bases para uma nova revolução no mercado de investimentos.

Com tecnologia própria e ciência financeira, oferecemos a plataforma mais completa e confiável para investimentos indexados.

São modelos matemáticos e estatísticos unidos a uma apurada análise de investimentos que nos levam a criar os índices mais replicáveis e adequados ao mercado.

Ao indexar de forma efetiva grande parte do universo de ativos do mercado criamos as bases para aproveitar as vantagens da gestão passiva na construção de portfólios.

Estamos sempre de olho na evolução, por isso também nos tornamos a primeira empresa a medir de forma quantitativa e sistemática fatores ESG no Brasil.

Afinal, já está mais do que na hora de alinhar valores e propósitos às decisões de investimento.

Aliando ciência financeira e tecnologia, a Teva cria as bases para o que há de mais avançado e alinhado com o investidor no mercado financeiro.

100+ índices

Cálculos diários de índices de ações, smart betas, títulos do governo, debêntures, fundos imobiliários, ESG e mais.

343

Empresas cobertas para a criação de índices de ações.

150 mil

Cargos analisados em nosso estudo de presença de mulheres na liderança das empresas listadas.

Governança

Melhores padrões internacionais de cálculo e manutenção de índices e adoção dos princípios de administração de benchmarks financeiros da IOSCO.

Índices para ETFs

Ciência de dados e tecnologia aplicadas na seleção de ativos para gerar estratégias de investimento confiáveis, focadas no mercado brasileiro e replicáveis por veículos de investimento.

Pioneirismo em ESG Data Brasileiro

Somos a primeira e única empresa a medir fatores ESG no Brasil de maneira sistemática e automatizada.

Nosso time de cientistas de dados e especialistas financeiros traz a mais abrangente e atualizada pesquisa de diversidade de gênero.

Teva na Mídia

21/09/2021

Fundos imobiliários têm recuperação lenta e desigual, mas setor de papel se destaca

Levantamento feito pela Teva Índices mostra que os fundos de papel têm mostrado maior resiliência.

Ir para a notícia
20/09/2021

TECB11: novo ETF de techs brasileiras estreia na B3 em outubro

O TECB11 vai replicar o Índice de Ações Tech Brasil, criado pela Teva Índices.

Ir para a notícia
16/09/2021

FIIs: Fundos de papel lideraram dividendos e foram os únicos a subirem no 1º semestre

Levantamento da Teva Indices mostra os fundos de papel com uma valorização de quase 4% no primeiro semestre de 2021.

Ir para a notícia
15/09/2021

Teva Indices: Ações do setor de saúde foram as que menos sofreram em agosto

Entre os setores que apresentaram queda no mês de agosto, o menos prejudicado foi o de saúde, aponta a Teva Indices.

Ir para a notícia
09/09/2021

Setor de energia da Bolsa cresce 2,07% em agosto

O Ibovespa terminou agosto em queda de 2,48%, penalizando especialmente os papéis ligados à economia real, segundo estudo da Teva Indices.

Ir para a notícia
09/09/2021

De olho na geração Z, mercado amplia oferta de fundos ESG

Diversidade de gênero é cerca de 70% dos dados disponíveis — afirma Gabriel Verea, fundador da Teva Indices.

Ir para a notícia
08/09/2021

Fundos de papel se destacam, mas recuperação dos FIIs ainda é lenta, diz Teva

De acordo com a Teva Indices, o Índice de FIIS de Papel acumulou em 2020 uma performance de -0,91%, contra -10,34% do índice de FIIs Amplo.

Ir para a notícia
08/09/2021

Fundos de papel se destacam, mas recuperação dos FIIs ainda é lenta, diz Teva

Os fundos imobiliários (FII's) estão apresentando uma recuperação lenta e desigual, segundo a Teva Indices.

Ir para a notícia
24/08/2021

Veja como diversificar a sua carteira com ETFs; especialistas dão as dicas

De acordo com Gabriel Verea, fundador da Teva Indices, hoje é possível ter uma carteira composta 100% por ETFs.

Ir para a notícia
19/08/2021

Aluguel de imóveis residenciais entra na mira dos FIIs

O crescimento do mercado é acompanhado pela diversificação dos ativos à disposição dos investidores.

Ir para a notícia
12/08/2021

Acesso direto a Indices internacionais movimenta negócios com BDRs na B3

Especialista em calcular, criar e divulgar índice para o mercado de ETFs no Brasil, hoje, a Teva soma 100 Indices calculados diariamente.

Ir para a notícia
12/08/2021

Debate sobre tributação afeta FIIs

Levantamento feito pela Teva Indices revela o tamanho do descasamento entre a queda nas cotações e o dividendo pago aos cotistas.

Ir para a notícia
29/07/2021

Planilha de inclusão no mercado: o trabalho para reduzir as desigualdades

A disparidade foi apontada por um ranking criado pela Teva Indices em parceria com a plataforma Easynvest.

Ir para a notícia
27/06/2021

O poder da mentoria como rota para avançar nessa situação

Segundo a Teva Indices, Enjoei é a única empresa na Bolsa em que o número de mulheres dentro do Conselho é maior que o de homens.

Ir para a notícia
27/06/2021

Por que escolher Anitta?

Em levantamento da Teva Indices e Easynvest, foi analisado quantitativamente a presença de mulheres em conselhos de empresas brasileiras.

Ir para a notícia
03/05/2021

Orizon, Localiza e Fleury são destaques na agenda ESG, diz XP

Fleury entre as únicas 5 empresas brasileiras listadas que possuem uma mulher ocupando esse cargo, segundo Teva Indices.

Ir para a notícia
05/04/2021

Ação da Enjoei (ENJU3) avança quase 12% após divulgação de dados do 1º tri.

Conforme estudo da Teva Indices, Enjoei é a única empresa na Bolsa em que o número de mulheres no Conselho é maior do que o de homens.

Ir para a notícia
09/03/2021

Presença feminina nos conselhos cresce, mas igualdade ainda está a vinte anos de distância

De acordo com relatório da Teva Indices, país está a duas décadas de alcançar igualdade de gênero em conselhos.

Ir para a notícia
08/03/2021

Enjoei é a empresa com mais mulheres no conselho. BMG e Magalu vêm logo a seguir

Estudo revela que só existe uma empresa na Bolsa com mais mulheres do que homens dentro do Conselho.

Ir para a notícia
08/03/2021

Mulheres no mercado financeiro: os desafios para crescer na carreira

De 204 empresas analisadas, apenas uma possui mais mulheres no conselho de administração, de acordo com a Teva Indices.

Ir para a notícia
08/03/2021

Liderança feminina: quais empresas têm mais mulheres no poder?

15 companhias na B3 com valor de capitalização superior a 300 milhões possuem entre 22% e 50% de conselheiras mulheres.

Ir para a notícia
08/03/2021

Das empresas da bolsa, Enjoei é a única que tem maioria feminina no conselho

Enjoei é a única empresa listada que tem mais mulheres do que homens no conselho de administração, aponta estudo feito pela Teva Indices.

Ir para a notícia
08/03/2021

Veja as empresas da bolsa que têm maior participação de mulheres em conselhos

O levantamento foi realizado pela Teva Indices e divulgado em parceria com a plataforma de investimentos Easynvest.

Ir para a notícia
08/03/2021

Enjoei (ENJU3), Magalu (MGLU3) e outras: 10 empresas com mais mulheres em conselhos

A ascensão de mulheres em conselhos de administração deu protagonismo a 10 empresas na Bolsa de Valores, segundo Teva Indices.

Ir para a notícia
08/03/2021

Qual é a empresa da Bolsa com mais mulheres na liderança?

A Teva Indices divulgou um estudo pioneiro sobre as empresas de capital aberto que têm maior representatividade feminina em conselhos.

Ir para a notícia
03/12/2020

Executivas influenciam conselhos na pandemia

Ter duas ou mais mulheres conselheiras é uma realidade restrita a poucas organizações no país, segundo análise da Teva Indices.

Ir para a notícia
07/10/2020

5 dicas de Luiza Trajano sobre gestão com propósito

De acordo com a Teva Indices, Magalu é a empresa que possui maior participação feminina dentro do Conselho de Administração.

Ir para a notícia
25/09/2020

Magazine Luiza é a empresa da Bolsa com a maior participação feminina

Na Magazine Luiza, 43% dos cargos no Conselho Administrativo são ocupados por mulheres, aponta estudo da Teva Indices.

Ir para a notícia
24/09/2020

Girl Power: 10 empresas com maior protagonismo feminino na Bolsa

Estudo da Teva Indices e Easynvest aponta que Magalu, Santander e TIM estão entre as companhias com maior número de mulheres no conselho.

Ir para a notícia
24/09/2020

Mulheres no poder: 10 empresas com maior participação na Bolsa

Ampliação da presença feminina em conselhos garantiu destaque a dez empresas de capital aberto na B3, segundo levantamento da Teva Indices.

Ir para a notícia
23/09/2020

As 10 empresas da Bolsa que têm mais mulheres na liderança

Magalu, Santander e TIM estão entre as companhias com maior número de mulheres no conselho de administração.

Ir para a notícia
22/09/2020

Magalu, Santander: 10 empresas da bolsa com mais mulheres nos conselhos

O levantamento, obtido em primeira mão pelo CNN Brasil Business, foi feito pela Teva Indices em parceria com a corretora Easynvest.

Ir para a notícia